Home > Inbound Marketing > Marketing digital, conteúdo e inbound marketing: isso ajuda sua empresa

Marketing digital, conteúdo e inbound marketing: isso ajuda sua empresa

///
Comments are Off
Marketing digital, conteúdo e inbound marketing para sua empresa

Para escrever este artigo, eu pensei em explorar o que realmente importará para as empresas nos próximos anos. O novo marketing integra o marketing digital, conteúdo e inbound marketing que são, aos olhos dos maiores especialistas, a principal evolução do que ainda chamam de marketing. Pois bem, o marketing digital é a mágica maneira de chegar até os consumidores de forma bem mais pessoal e não “goela abaixo”.

Perfil social grátisO novo marketing parte do princípio de que as pessoas não querem mais ser invadidas por propaganda indesejada. Elas querem escolher o que assistir e decidir se permitem ou não a intromissão das marcas dentro do cotidiano de suas vidas. O consumidor já está entendendo que se ele paga por um serviço de TV, jornal ou revista, ele quer ter o direito de poder de dizer se aceita, ou não, ver os comerciais que não lhe agradam. Ele quer interagir e se relacionar apenas com as marcas e produtos que são do seu interesse. Quer ver produtos e serviços inovadores, que lhe façam pensar no “uau” e compartilhar estas experiências com seus amigos e familiares.

Marketing digital, conteúdo e inbound marketing não são invasão de privacidade

Mas, mesmo com todo este novo marketing em ebulição no mercado, muitos ainda se acham no direito de invadir a privacidade das pessoas e tentar forçar algo que não é desejado. Então, as pessoas simplesmente deletam, mudam o canal, viram a página e pronto: todas as centenas de milhares de reais aplicados naquela campanha foram por água abaixo e não surtiu 1% de efeito esperado.

Este modelo tradicional do marketing (outbound) não vai mostrar quem viu seu anúncio, quando viu, que idade tinha, onde mora, etc… Ele não passa pra você o que realmente aconteceu e o que importa para medir os resultados da campanha,. simplesmente por ser difícil medir resultados em algo que não é paupável.

Mas, como o assunto aqui é marketing digital, marketing de conteúdo e inbound marketing, vou fazer uma rápida abordagem destes 3 termos que, pra mim, são os grandes heróis que salvarão as empresas que vierem a sobreviver ao modelo tradicional de comunicação.

Marketing digital e o novo marketing

Pra muita gente, fazer marketing digital ainda é postar coisas no Facebook ou em alguma rede social. Este pensamento está um tanto quanto errado. Nos moldes do novo marketing, fazer marketing digital inclui sim as postagens em redes sociais, mas é muito importante saber para quem se está publicando e o que esta pessoa gosta de ler, ver e ouvir nas redes sociais.

Mas nem só de postagens vive uma estratégia de marketing digital. Pra que ela aconteça, você precisa investir em anúncios direcionados, vídeos e outros materiais ricos que vão de encontro ao seu público. Você precisa ter conteúdo pra ser encontrado.

Além disso, uma estratégia de marketing digital deve ser acompanhada diariamente para que se tenha feedbacks sobre o alcance e o engajamento entre sua audiência e a sua marca.

A grande sacada do marketing digital está na possibilidade de você mensurar, tomar decisões, interagir com seu público, e alterar sua campanha de forma imediata para saber se os resultados podem ser mais satisfatórios no decorrer da execução da campanha.

O novo marketing, com mais conteúdo

Já é fato afirmar que o consumidor mudou. Aqui no blog já falei sobre estas mudanças de forma mais aprofundada. Vale a pena você dar uma espiada no post e entender mais sobre o conteúdo que as pessoas procuram dentro do novo marketing.

Quando uma pessoa entra no Google para pesquisar, ela digita o assunto de seu interesse e os resultados aparecem. É nessa hora que o marketing de conteúdo entra em ação. A partir do momento em que você publica algo que sua audiência procura nas buscas feitas no Google, e este assunto tem um certo nível de relevância, os buscadores  começam a entender que seu conteúdo é importante e as pessoas estão se engajando com ele. Quando isso acontece, você começa a ganhar posições no ranking e sua página começa a ter mais visibilidade.

Mas como isso acontece no novo marketing?

Existem vários fatores que precisam ser levados em consideração quando o marketing de conteúdo começa a ser desenhado. No novo marketing, saber quem é seu público e o que ele procura é fundamental. Provavelmente seu produto ou serviço fazem algo que alivia uma necessidade das pessoas. Se você souber como trabalhar esta demanda com conteúdos que comprovem que seu produto é o que as pessoas precisam, seu conteúdo começa a aparecer de forma natural.

O marketing de conteúdo é a forma mais poderosa, dentro do novo marketing, de poder deixar seus artigos mais próximos das pessoas e, quando bem feitos, ajudam a deixar seu site melhor ajustado dentro das regras dos mecanismos de busca (SEO) para melhorar seu posicionamento e gerar mais autoridade pra sua marca.

Que tal um exemplo?

Quando você publica algo que realmente interessa para as pessoas, elas querem saber mais. Dentro das estratégias do novo marketing, você pode oferecer algo mais completo e totalmente gratuito para que as pessoas interajam ainda mais com sua marca. Um bom exemplo de sucesso são os eBooks. A principal razão pela qual as pessoas fazem download de um eBook na internet, é a necessidade de adquirirem mais conhecimento sobre um determinado assunto. Se você tiver este material para oferecer, certamente as pessoas irão baixar seu eBook.

E o que você ganha?

Obviamente que o “de graça” não pode ser levado ao pé da letra. Para baixar seu eBook, você pode solicitar que as pessoas forneçam seus nomes e e-mails antes de receberem o material. Dessa forma, elas entram em sua base de dados e você poderá iniciar estratégias de inbound marketing para tentar converter estas pessoas em clientes.

O novo marketing e o inbound marketing

Essa sim é a expressão mais direta de que fazer marketing digital funciona e dá resultado. Diferente do método tradicional do marketing (outbound), através do inbound marketing as pessoas começam a se aproximar da sua marca de forma natural, pois ela vai até o consumidor e o consumidor vem até ela. O inbound marketing vai de encontro ao público através dos meios digitais, sem ofender, sem invadir e sem poluir visualmente. Mas isso é apenas um pequeno braço do que o inbound marketing faz.

Depois de uma análise de público e definição de quem é a persona ideal para seu produto ou serviço, é preciso compreender os estágios que fazem o consumidor avançar e chegar a comprar seu produto. Chamamos isso de jornada de compra.

Muitas vezes, o consumidor se decide por uma compra apenas por ter visto algo interessante em sua timeline do Facebook ou Twitter. Alguma coisa despertou sua atenção e optou por comprar. Esta jornada já é diferente da jornada da conquista, pois o consumidor já sabe o que quer, já definiu marca e modelo, e precisa apenas decidir de quem comprar.

Vamos chamar o consumidor de lead. Quando um certo volume de pessoas se interessa por um conteúdo que você publicou, você fica sabendo. Ao saber que um conteúdo é interessante para sua audiência e tem haver com seu produto, você cria um material complementar mais rico (exemplo do eBook) e disponibiliza para que as pessoas façam o download gratuitamente. Quando o download é efetuado dentro da estratégia (com captura dos dados da pessoa), o visitante que baixou seu material passa a ser qualificado como lead dentro de sua base. A partir deste momento você começa a nutrir este lead com conteúdos diferenciados que irão levar ele até o fundo do funil de vendas, onde irá decidir de quem comprar. Neste momento, ganhará a disputa quem tiver mais afinidade com o cliente e passar maior credibilidade e segurança pra ele.

O inbound marketing auxilia você nesta parte de interação com seu cliente. Através de um processo de automação é possível interagir de forma automática com os leads e nutri-los com os conteúdos certos em cada etapa da jornada de compra.

Mas, as coisas não são tão simples quanto parecem. Não é possível fazer inbound marketing sem entender do novo marketing. Entender como as coisas funcionam, saber lidar com as pessoas, ter respostas rápidas, detectar e contornar momentos de crise digital e disponibilizar de um bom tempo para análises diárias, são algumas atividades que um profissional de marketing digital faz. Portanto, antes de se aventurar, verifique se você realmente tem condições de fazer ou se é mais fácil trazer uma agência especializada para cuidar deste assunto pra você.

Vantagem do inbound marketing

A principal vantagem que o inbound marketing pode trazer dentro do cenário do novo marketing, é a possibilidade de medir tudo. No novo marketing tudo vira métrica, mas é preciso organização e ferramentas específicas para poder ler os resultados e interagir com eles. Saber cada passo que seu lead deu dentro do seu site e entender suas dificuldades ajudarão você a trazer mais audiência e melhorar seu posicionamento digital. Como vimos no início, o inbound marketing traz o cliente até você através de conteúdos bem produzidos que oferecem soluções para os problemas cotidianos das pessoas. É muito importante estar antenado nas buscas que as pessoas fazem na internet e saber em que momento sua marca pode interagir com elas e resolver estes problemas.

You may also like
prepare-se para o novo marketing
Prepare-se para conhecer o novo marketing
criar landing pages
Criar landing pages de sucesso requer estes 6 detalhes importantes
Você sabe o que é marketing online?
Você sabe o que é marketing online?
contratar uma agência de Inbound Marketing
6 motivos pra você contratar uma agência de Inbound Marketing